Notícias

Instabilidade econômica não afeta a construção sustentável no Brasil

Sistemas que garantem menor consumo e maior autonomia no fornecimento de água em edificações é uma das tendências mais adotadas nos projetos atuais

Em alta no setor da construção civil, os projetos sustentáveis deixaram de ser uma novidade apenas para os empreendimentos de altíssimo padrão e passaram a permear todo o mercado da construção civil, alcançando edifícios residenciais, galpões logísticos, shopping centers, lajes de escritório, hospitais, arenas esportivas, dentre outros. A avaliação é do membro do Comitê Diretor da Unidade de Sustentabilidade do CTE (Centro de Tecnologia de Edificações), Wagner Oliveira.

“A instabilidade econômica afetou todo o mercado da construção, reduzindo significativamente o número de novas obras. No entanto, a construção sustentável não foi afetada e a demanda por edificações com melhor desempenho e mais sustentáveis tem crescido. Prova disso é que, em 2016, 192 empreendimentos brasileiros foram registrados no USGBC em busca da certificação, o maior número de registrados desde 2012, quando ocorreu o boom do mercado da construção”, afirma.

Para Oliveira, embora aplicadas de acordo com as características de cada projeto, atualmente há uma tendência para a utilização de alternativas sustentáveis que visam o desempenho no uso de água e energia, além da utilização de energias renováveis. A ideia é implantar sistemas que garantem menor consumo e maior autonomia no fornecimento frente a possível escassez de água, o que os torna também não só mais sustentáveis, mas também resilientes as iminentes mudanças climáticas.

Ele destaca que, neste contexto, cresce a adoção de geração de energia renovável nas próprias edificações ou em outras localidades. “Os sistemas de geração de energia solar fotovoltaica tiveram seus custos reduzidos em mais 40% no último ano, o que o torna cada vez mais viável a sua implantação. Este cenário de crescimento abre espaço também para a próxima tendência de edificações sustentáveis, os chamados edifícios Net Zero, que serão capazes de gerar toda a energia necessária para seu funcionamento durante o ano todo”, observa.

Potencial -- Atualmente o Brasil é um dos líderes em edificações sustentáveis no mundo, despontando como o 4º país com maior quantidade de projetos certificados ou em processo de certificação LEED, o referencial mais aplicado em todo o mundo. Por isso, este ano, o tema sustentabilidade na construção civil ganha mais espaço e será abordado em um painel coordenado pelo Centro de Tecnologia de Edificações (CTE) durante o Concrete Show South America, que acontece em agosto, na capital paulista. 

“Mesmo como este cenário, o potencial é ainda enorme, pois a aplicação ainda pode ser expandida para os mercados de edificações residenciais, hotelaria, industriais, logísticos, que ainda apresentam uma baixa penetração quando o assunto é sustentabilidade. Este crescimento poderia ser impulsionado por políticas públicas, com o IPTU verde sendo adotado, por exemplo, e outras que estão já andamento em alguns estados brasileiros”, afirma Oliveira.

O membro do comitê diretor do CTE, aponta ainda que o fato do projetos e obras serem executados com prazos mais realistas é positivo para a situação econômica atual, uma vez que permite um planejamento e avaliação mais criteriosa das estratégias de sustentabilidade já durante a etapa de concepção do projeto, o que reflete em menor custo e alcance de melhores resultados no desempenho. “Acredito que a crise veio para amadurecer ainda mais a construção sustentável, possibilitando que um próximo passo seja dado em edifícios de alto desempenho sem altos custos de implantação e com grande diferenciais competitivos”, finaliza.

 Fonte: Conteúdo Empresarial 

ubm white 2

   Conectando pessoas e o mercado global

 

UBM é a maior empresa organizadora de eventos B2B no mundo. Nosso profundo conhecimento e paixão pelos setores da indústria que servimos nos permitem criar experiências valiosas onde as pessoas atingem seu sucesso. Em nossos eventos, as pessoas criam relacionamentos, fecham acordos e crescem seus negócios.
Ler Mais 

 

Filiada à     

 ubrafe branco

Newsletter

Entrada Inválida
Entrada Inválida
Entrada Inválida
E-mail Inválido
Entrada Inválida